quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Lacaios da desgovernação


O ano ainda vai no seu segundo mês e já temos aquele que será provavelmente o momento mais anedótico de 2009. Até me custa escrever isto mas a censura chegou onde menos seria de esperar: ao Carnaval. Censura e Carnaval na mesma frase. Insólito? Noutro país, talvez.
Em Portugal, 35 anos depois do fim da ditadura, o Ministério Público resolveu proibir uma sátira ao computador Magalhães no Carnaval de Torres Vedras. Ministério Público. Proibir. Carnaval. O mesmo Ministério Público que tem como imagem de marca a sua lentidão e ineficácia vem agora no espaço de horas dedicar as suas diligências ao Carnaval de Torres Vedras. O mesmo Ministério Público que, na voz da sua Procuradora Geral adjunta, Drª Cândida Almeida, não sofre pressões de qualquer ordem. MP. Mentes Pequeninas.
Segundo o presidente da Câmara de Torres Vedras, Carlos Miguel, a acção do Ministério Público é o resultado de uma denúncia de um cidadão da cidade. Se esta notícia diz algo sobre o sistema judicial em Portugal diz mais ainda sobre este cidadão. É que, segundo Carlos Miguel, existe uma representação dedicada a Cristiano Ronaldo com um testículo fora dos calções. Isso mesmo, leram bem, o CR7 a exibir o tomatame. E é por causa de gajas semi nuas no Magalhães que o moralista cidadão se insurge.

1 comentário:

Okelani disse...

E o blog "Portugal é uma anedota" já existe ou não? Pelo andar do carroussel isto ainda dá para fazer um filme...

Uauuu imagina Portugal nos Oscars...

QUE VERGONHA!!!