domingo, 4 de novembro de 2007

Que bem que se está na praia

Meus amigos, como já devem ter reparado a frequência aqui pela Sibéria anda abaixo de pouca. Mas decerto compreenderão que com este Verão extraordinário por terras lusas a ninguém ocorre partir para gélidas paragens. É verdade que tenho passado por aqui “now and then” mas o tempo à minha disposição para pouco mais tem dado do que abrir umas janelas para arejar o espaço.
Hoje, contudo, pese embora o facto de ser domingo, ou talvez por causa disso, passei por cá para fazer umas actualizações, limpar o pozinho e ver a caixa de correio.
No decorrer das limpezas apercebi-me que sou pobre e mal agradecida. A parte do pobre já tinha sido revelada pela ausência de férias nos últimos 2 anos, 3 meses e 16 horas (but who’s counting...). Quanto ao mal agradecida confesso que é defeito que não tenho. Contudo, foi aqui deixado um voto de amizade que passou sem o devido agradecimento. Agora vou ter de me penitenciar. Laurentina, dir-me-às tu como...
Em segundo lugar, neste post onde mais uma vez se remexeu nas memórias de uma infância remota, prometia-se um jantar a quem se lembrasse de Mr. & Mrs. Roper. Muito me surpreende que tu, Okelani, conhecedora que és dos meus dotes culinários tenhas arriscado admitir que te lembras desta série e, em consequência disso, cobrar-me o jantar.
Podemos agendá-lo para daqui a duas semanas porque na próxima tenho a minha reuniãozinha “Tupperware”. Aqui segue a ementa:



1 comentário:

Okelani disse...

Se eu tivesse de contar com os teus dotes culinarios ja tinha morrido de fome...

Quanto ao jantar que vais ter de pagar, ja faltou mais...
Jokas

PS. até eu ja sentia a falta da Laurentina...