quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Vou...não vou...vou...não vou...

“The governor of Ulyanovsk region in Russia is offering prizes to couples who have babies in exactly nine months - on Russia's national day on 12 June.Sergei Morozov wants couples to take the day off work to have sex.(…)Mr Morozov has declared Wednesday "family contact day" as part of efforts to fight Russia's demographic crisis.”

Há tanta coisa nesta notícia que pode dar origem a piadas. Mas como agora tenho pouco tempo vou só deixar um recado ao sr. Morozov. O senhor não pensou num pormenor muito importante: os nascidos a 12 de Junho serão nativos de Gémeos. Como nativa de Gémeos que sou permita-me que lhe diga que isso não augura nada de bom para o futuro da Rússia. É que não há gente mais indecisa. Eis o início do dia de um geminiano:

“Tenho que ir comprar pão. Se calhar não vou. Tenho de ir. Mas ontem sobrou tanto pão. Podia fazer torradas. Gosto de torradas (a). Só com um bocadinho de manteiga. Não, com compota é melhor. Não sei se me apetece torradas. Acho que vou comprar pão. Gosto de pão fresco. Não me apetece ir à padaria. O pão de ontem não está assim tão duro. Podia aquecer só um bocadinho, em vez de torrar. E se calhar até fica bom com manteiga. Não sei se me apetece com manteiga. Com compota é melhor. Se vou comprar pão fresco agora e não o como todo amanhã tenho mais sobras. Posso sempre fazer torradas. Gosto de torradas...” Reiniciar em (a)!

No meu caso específico, que além de indecisa escolho sempre a pior opção, quando finalmente decido não ir à padaria, este monólogo acaba assim ao abrir a caixa do pão: “F***-se, afinal não há pão nenhum cá em casa!!!”

1 comentário:

Okelani disse...

Adorei a do pão... o pior caros amigos é que é mesmo assim. LOL!

Ora bem, eu sou Leoa e nunca tenho problemas destes. As decisões são tomadas sem pensar (sim porque quem pensa na familia é a Nit... que pensa por todos!) e depois a testa fica cheia de nódoas negras de tanta cabeçada :-)

Qual das duas tem razão???

Jokas grandes... xiiii nunca mais é Natal!